Entenda porque uma empresa segura tem melhores resultados

Usufruir do completo potencial e total dedicação da força de trabalho de seus funcionários é o desejo de toda instituição que queira obter os melhores resultados possíveis. Contudo, é importante considerar que época em que salário justo e o cumprimento de normas básicas asseguradas por lei bastavam ao trabalhador na hora de optar por um emprego já ficou para trás.

Quais são as doenças mais comuns que afastam os funcionários?

A saúde do trabalhador é uma área que preocupa não somente o funcionário que fica debilitado como também a empresa, que sofre com as consequências de queda de rendimento e produção do indivíduo. Por esse motivo, o empregador deve estar sempre preocupado em garantir uma melhor qualidade de vida e condição de trabalho para o indivíduo, além de oferecer todas as possibilidades para que o colaborador tenha um acompanhamento integral do seu quadro de saúde. Alguns tipos de doenças são mais comumente encontradas em funcionários, e a grande maioria delas é capaz de afastar esse indivíduo por alguns dias ou até meses, a depender da gravidade do quadro. Tendo em vista tais circunstâncias, é preciso ter atenção e cuidado redobrado com algumas situações clínicas. A seguir, apresentaremos as doenças que mais afastam funcionários do ambiente de trabalho.

Como a medicina do trabalho deve atuar em caso de dependência química?

Quando falamos de problemas com dependência química no ambiente de trabalho, muitas pessoas acreditam que essa situação está muito distante de suas realidades, bem como de seus colegas. A verdade, entretanto, não é essa. É cada vez maior o número de funcionários de diversas empresas, em várias áreas de atuação, que se afastam de suas atividades por apresentarem problemas com algum tipo de droga lícita ou ilícita. Esses quadros de dependência química podem estar relacionados a dificuldades na família, rotinas cada vez mais estressantes e até mesmo com problemas financeiros enfrentados pelo trabalhador, que usa a droga como uma válvula de escape.

Quais são os direitos trabalhistas da mulher que engravida?

Gravidez de funcionárias sempre gera dúvida entre empregadores, já que são vários os direitos trabalhistas da mulher grávida. Até quando ela deve trabalhar? Quais são as condições do serviço prestado durante a gravidez? A quanto tempo de licença-maternidade ela tem direito? E as contribuições previdenciárias e recolhimento, como ficam? Como se perceber, são várias as perguntas. Confira a seguir as respostas para esses e outros questionamentos que uma empresa pode ter:

4 dicas para evitar doenças posturais na empresa

Os empregadores têm o dever de oferecer condições de trabalho seguras, incluindo o fornecimento de informações e treinamento sobre ergonomia e doenças posturais. Má postura no trabalho é uma das principais causas de dor nas costas, estresse no trabalho, lesão por esforço repetitivo, resultando em perda de tempo, redução da produtividade, más condições de saúde dos funcionários, baixa moral, e custos mais elevados.