Medicina do trabalho e qualidade de vida: entenda essa relação

medicina-do-trabalho-e-qualidade-de-vida-entenda-essa-relacao22463-870x400.jpg

A medicina do trabalho está presente no Brasil desde a implantação das leis trabalhistas, em meados do século passado. O profissional dessa área atua nos ambientes de trabalho, buscando melhorar a qualidade de vida dos trabalhadores e evitar que eles tenham problemas de saúde no futuro. Além disso, também têm papel crucial para garantir aos empregadores respaldo legal para a execução das suas atividades laborais.

Essa especialidade médica tem se tornado imprescindível na realidade empresarial atual. Isso acontece porque, entre os colaboradores, cresce progressivamente o número de queixas de transtornos mentais e lesões ergonômicas, causados pela pressão por resultados e pelo esforço repetitivo na jornada de trabalho. Dessa forma, várias instituições têm se especializado em fornecer segurança e apoio médico a outras empresas, com o intuito de facilitar e regulamentar suas atividades.

Diante disso, como essas instituições especializadas em medicina do trabalho podem conferir a empregados e empregadores melhor qualidade de vida e de trabalho? Temos alguns exemplos no artigo de hoje!

Garantir que os funcionários estejam aptos para o trabalho

Para garantir maior qualificação e controle da saúde de seus funcionários, é essencial que as empresas adotem a prática de executar exames ocupacionais. Uma boa maneira de assegurar que os trabalhadores contratados estejam preparados para executar suas funções é realizando exames admissionais, responsáveis por garantir a contratação de funcionários saudáveis. Dessa forma, conseguem reduzir, em longo prazo, problemas de afastamentos e incapacitação no trabalho.

Já para ter um melhor controle da aptidão dos funcionários, visando mantê-los saudáveis e atentos a possíveis doenças em estágios iniciais, exames periódicos podem ser incluídos na rotina das empresas. Em casos de acidentes de trabalho ou doenças incapacitantes, cabe aos médicos garantir o melhor atendimento possível, prestando auxílio até que ocorra completa recuperação do trabalhador. Ainda, caso seja necessário, os médicos devem emitir laudos solicitando a mudança de função ou o afastamento do ambiente de trabalho.

Prevenir acidentes relacionados ao trabalho

Prática essencial para a manutenção da saúde dos trabalhadores, a prevenção de acidentes pode ser feita de várias formas. Um bom exemplo é através da introdução de atividades educativas no ambiente de trabalho, que conscientizam quanto à utilização de equipamentos de segurança e execução das atividades com uma postura adequada. Além de tudo isso, contribuem para o bem-estar dos funcionários.

Outra atividade que vem demonstrando excelentes resultados é a realização de ginástica laboral, que previne acidentes por esforço repetitivo e garante um aumento na qualidade de vida e produtividade dos trabalhadores. É importante também que haja uma adequação das exigências dos empregadores aos limites físicos dos empregados, evitando que eles sofram com jornadas de trabalho extenuantes, realização de atividades repetitivas e sobrecarga física e mental.

Respaldar legalmente os empregadores

A medicina do trabalho desempenha papel fundamental na regulamentação dos ambientes trabalhistas, visto que é obrigatório, pelo artigo 168 da Consolidação das Leis Trabalhistas, que o empregador ofereça determinados exames a seus funcionários. Assim, cabe aos médicos do trabalho assegurarem, por meio de laudos e perícias, que os trabalhadores em atividade estão aptos para a realização de suas funções, e também que trabalhadores desligados da empresa não apresentam problemas de saúde no momento da demissão.

Outra prática médica legalmente importante é a fiscalização dos ambientes de trabalho e das condições laborais dos empregados, visando assegurar que eles tenham qualidade e conforto para realizar suas atividades.

Diante do exposto no artigo, fica claro que médicos do trabalho são peças fundamentais na melhoria e manutenção da qualidade de vida dentro de uma empresa. Por meio de prevenção, promoção e fiscalização da saúde, esses profissionais são responsáveis por reduzir afastamentos e garantir que os colaboradores trabalhem com segurança. Da mesma forma, também garantem que eles sejam mais saudáveis, produtivos e sempre tratados de maneira humanizada, independente de sua função laboral.

Assim, é bastante válido para empregadores contarem com instituições que garantam esses benefícios, visto que elas regulamentam os serviços e melhoram a produtividade dos trabalhadores.

Quer saber mais sobre o assunto? Deixe seu comentário abaixo que ficaremos satisfeitos em ajudar!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s